Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nu descontexto

Neste tão vasto espaço recomeço as minhas histórias, as imagens e mensagens que passam por mim. Desejo partilhar este blog com quem quiser dispensar um pouco do seu tempo para amar comigo tudo.

Nu descontexto

Neste tão vasto espaço recomeço as minhas histórias, as imagens e mensagens que passam por mim. Desejo partilhar este blog com quem quiser dispensar um pouco do seu tempo para amar comigo tudo.

De volta a Chaves

Em Chaves. Comida boa, paisagens lindas, calor intenso, família de coração extraordinária. O que mais se pode querer?

Consigo ver na rua da aldeia emigrantes a chegarem, abraços infinitos, cheios de alegria e emoção, partilhada num "fino" e em dois, três, quatro dedos de conversa. Com quem vem de uma luta infindável, para em Agosto poder regressar.

Chegam exaustos, 14 horas de viagem de França a Portugal, ouvi eu, mas não o demonstram, só se vê boa disposição e vontade de aproveitar cada minuto.

Terra de gente especial, da região norte, de onde eu própria tenho origem. Onde passei alguns Verões em criança, chapinhei nas possas de lama, dei comida aos animais, apanhei amoras, dancei nos arraiais e tive o meu primeiro amor. 

Há tantas histórias a contar que me perco e acabo por sentir que são estes cantos no mundo, no nosso pequeno ecossistema, que nos fazem sermos melhores.

Vamos continuar por cá, entre casa, passeio á cidade e como dizem cá: "Vá vamos falando!".

 

Até já,

Marta

IMG_2330.JPG

2 comentários

Comentar post